09 dezembro 2010

Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento (Erin Brockovich, EUA, 2000)


Nós vivemos num planeta que estar sendo devastado aos poucos em “beneficio do homem”. Esta justificativa usada pelas grandes potências que só visam enriquecimento e não lembram que este planeta é a única casa que temos. O filme que posto hoje fala de um tesouro que estar se esgotando e que em breve, mais muito breve se esgotara. O filme é extremamente inteligente e trata de uma questão de máxima importância no século XXI: a água. Que não só polui o planeta como também pode matar. O filme, portanto é “Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento” que é baseado numa história real. Enfim, um excelente filme! Onde retrata com muita coragem, a determinação de uma mulher em vista de um grande desafio. Valeu muito para mim pessoalmente, ver retratado esta história real. Recomendo que vejam!

Sinopse:

A história de Erin Brockovich (Julia Roberts), uma mulher solteira, mãe de três filhos, que perde uma ação judicial e exige que o seu advogado a empregue em seu escritório. Organizando arquivos de um caso judicial, ela decide investigar o problema e acaba descobrindo que uma empresa vem contaminando as águas de uma pequena cidade, onde os moradores contraíram câncer. Erin, que antes estava sem perspectivas, vê sua vida mudar enquanto ajuda aos outros. Baseado em uma história verídica, com uma ponta da verdadeira Erin Brockovich no papel de uma garçonete. Direção de Steven Soderbergh e no elenco Julia Roberts, Albert Finney, Aaron Eckhart, Marg Helgenberger, Cherry Jones, Veanne Cox. Vencedor do Oscar de Melhor Atriz.

Trailer do Filme





Fontes:
http://www.adorocinema.com/sinopse
http://tup-cine.blogspot.com/imagem
http://www.youtube.com/klance1/trailer 


01 dezembro 2010

Susan e Jeremy - O Primeiro Amor (Jeremy, EUA, 1973)


Cinema sem a menor duvida marcou a minha vida. Às vezes eu chego a me referenciar aos acontecimentos dela através dos filmes que assisti. Eu e minha irmã mais nova, que se chama Mirtes somos muito unidas, não que eu não seja também com meus outros irmãos. Éramos inseparáveis e tudo fazíamos juntas. Mas o filme que mais marcou esta nossa pré-adolescência foi um filme que assistimos juntas e nos apaixonamos por ele. Vimos varias sessões dele! Um filme lindo e muito romântico. Queríamos viver aquele amor dos protagonistas e tinha uma trilha sonora fabulosa. Hoje vi uma reportagem com Robby Benssom, o ator principal deste filme. Ela achou num blog o filme e viu todos os vídeos que estavam postados. O filme chama-se “Susan e Jeremy - O Primeiro Amor”, realmente fabuloso. Queria assistir novamente com ela. Bem em homenagem a Mirtes, minha querida irmã vou postar hoje este filme que tanto nos encantou e é mais uma lembrança deliciosa da nossa amizade. Bem, esta é minha sugestão de hoje e espero que gostem e lembrem sempre que um irmão é um amigo para sempre. Pra você Mirtes este post.  :D

Sinopse:

Jeremy tem 16 anos, vive em Nova York, é introvertido, inexperiente em questões amorosas, e ama seu violoncelo. Susan, 15 anos, nutre uma paixão sem limites pela dança clássica. Ela freqüenta a mesma escola que Jeremy. Eles passam a se conhecer e descobrem-se apaixonados. O primeiro amor, os encontros, as alegrias e incertezas dessa descoberta narradas nunca simplicidade que soa desconcertante devido à sua verdade. A vida, no entanto, exige que o pai de Susan se transfira para Detroit levando-a para longe e o universo de sonhos que ambos construíam se quebra de maneira abrupta. O filme faturou o prêmio destinado aos diretores estreantes em Cannes. Direção Arthur Barron e no elenco Robby Benson, Glynnis O'Connor, Len Bari, Leonardo Cimino, Ned Wilson, Chris Bohn.

Trailer do Filme:





Fontes:
http://knifeinthehead.blogspot.com/cartaz
http://www.cineplayers.com/sinopse
http://www.youtube.com/sennieso/vídeo

23 novembro 2010

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 (Harry Potter and the Deathly Hallows: Part I, EUA, 2010)


Minha relação este Bruxinho e com o mundo mágico a que ele pertence criado pela grande escritora JK Rowling, começou nos livros. Fiquei fascinada quando li ‘Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban’ que é o terceiro livro da série e ai não deu outra devorei os dois primeiros e fiquei esperando os outros. Os filmes foram à constatação de que eu me tornei fã dos livros e dos filmes. Apesar de ser direcionado inicialmente a crianças e adolescentes eu virei fã incondicional. Chegando a fazer parte de um fã clube de minha cidade chamado ‘ Clube da Fênix’ e mais entusiasmada eu fiquei ao ver que não ó tinha pessoas jovens e tinham pessoa da minha idade e até mais velhos. Assisti aos filmes exibidos até hoje em pré-estréias a meia noite e as 09h00min da manha com o fã clube. O sucesso desta autora tão especial vem não só de personagens aleatórios, não escreveu só sobre magia. Ela incluiu em seus livros seres que fazem parte da história de sua cultura, seres mitológicos e ensinamentos, que segundo reportagens e depoimentos ajudaram a muitos jovens, que cresceram junto com Harry, a enfrentar o mundo real. Acabou a saga com o sétimo livro e com ele esta obra de arte criada por esta escritora fantástica chamada J.K. Rowling, que deixou seu nome gravado na história da literatura mundial e um personagem que ficara marcado para sempre na literatura e na Sétima Arte. No cinema começou o final de uma saga que levou milhões de expectadores a lotar as salas de cinema. O filme não é só o começo do fim e sim um espetáculo que não pode deixar de ser assistido por quem gosta de Harry Potter e seu mundo mágico. Sugiro a todos “Harry Potter e as Relíquias da morte” um filme quem realmente gosta deste Bruxinho. Agora é só APARATAR no cinema mais próximo e se deslumbrar com este filme que é só sonho e magia!


Sinopse:

"Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1" começa com Harry, Ron e Hermione em uma perigosa missão para encontrar e destruir o segredo da imortalidade e destruição de Voldemort — as Horcruxes. Sozinhos, sem seus mentores ou a proteção de Dumbledore, os três amigos agora dependem um dos outros mais do que nunca. Mas no caminho estão Forças das Trevas que ameaçam acabar com eles. Paralelamente, o mundo da magia se tornou um local perigoso para todos os inimigos do Lorde das Trevas. A guerra aguardada com temor há muito tempo já começou e os Comensais da Morte de Voldemort tomaram o controle do Ministério da Magia e até mesmo de Hogwarts, assustando e capturando qualquer um que se oponha a eles. Mas eles ainda buscam o prêmio de maior valor para Voldemort: Harry Potter. O Escolhido se tornou o caçado quando os Comensais da Morte saem em sua busca com ordens de levá-lo para Voldemort. A única esperança de Harry é achar as Horcruxes antes de ser encontrado por Voldemort. Mas, à medida que procura por pistas, ele descobre uma lenda antiga e quase esquecida: a lenda das Relíquias da Morte. E se a lenda for verdadeira, isso poderia dar a Voldemort o imenso poder que ele tanto busca. Harry nem imagina que seu futuro já foi decidido pelo seu passado, quando naquele dia fatídico, ele se tornou o "Menino Sobrevivente". Não mais só um menino, Harry Potter está cada vez mais próximo da tarefa para a qual está se preparando desde o primeiro dia em que pisou em Hogwarts: a batalha final com Voldemort. Direção de David Yates e no elenco Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Christian Coulson, Tom Felton, Helen McCrory, Jessie Cave, Hero Fiennes Tiffin, Frank Dillane.

Trailers do Filme:






Fonte:
http://www.cinepop.com.br/sinopse.
http://www.youtube.com/vídeo.
http://www.baixeja.com/cartaz.

09 novembro 2010

Meninos Não Choram (Boys Don't Cry, EUA, 1999)


Drama é um gênero que gosto mais que evito nos últimos anos. Por que meu envolvimento emocional com os personagens é muito grande e um filme tanto pode me deixar triste como feliz, dependendo do enredo e de quanto me sinto envolvida por ele. Há algum tempo um amigo que veio me visitar em Recife, e quando estávamos em uma loja que vende DVDS ele me sugeriu comprar o filme “Meninos Não Choram”, então li a sinopse e tive medo de assistir pois se tratava de um fato real e ainda era um drama. Não comprei o DVD. Um dia deste li uma postagem de um garoto, no fotolog que eu adicionei ao meu, e ele citava o filme e quanto ele se envolveu com a trama e que sofreu e chorou muito após assisti-lo. Fiquei curiosa. Mandei locar e decidi assisti-lo.
O filme não é só o relato de um caso real e pronto. Ele mostra o caso de uma jovem transexual, que nunca poderá ser feliz se viver como menina, pois sua identidade de gênero é de menino. Então você sabe que não se trata de uma opção e sim de uma condição essencial para que ela seja feliz. Ela só pode se sentir completa se viver como menino e não com o gênero que nasceu. Como não é nada justa e nem um pouco tolerante nossa sociedade, ela paga caro ousar viver como ela quer e assim ser feliz. O filme é arrebatador e me deixou da forma que imaginei que ficaria. E a cada filme aprendo como é difícil e cruel a sociedade para aqueles que ousam ser diferente. E agora entendo por que tem alguns meninos e meninas que choram. Esta é minha sugestão de hoje e que também me fez chorar. Perfeito, simplesmente.


Sinopse:

Baseado em fatos reais, este drama é uma adaptação da vida de Brandon Teena (Teena Brandon quando nasceu), uma mulher que escolheu viver como homem e sofreu trágicas consequências por causa disso. Em 1993, Brandon (Hilary Swank) mudou-se de Lincoln, Nebraska, para a comunidade de Falls City, onde é considerada homem. Quando Brandon conhece a adolescente Lana (Chloe Sevigny), ambos imediatamente se envolvem emocionalmente. Seu segredo é finalmente revelado quando vai para a cadeia. Lana fica do seu lado, mas todos à sua volta não aceitam a situação. Direção de Kimberly Peirce, Roteiro de Andy Bienen e no elenco Hilary Swank, Chloe Sevigny, Peter Sarsgaard, Alison Folland.


Trailer do Filme




Fontes:
http://cinema.cineclick.uol.com.br/sinopse
http://www.youtube.com/ShortFormCinema/trailer.
www.cantojovem.wordpress.com/imagem

07 novembro 2010

24 outubro 2010

Julie & Julia (Julie & Julia, EUA, 2009)



Acho que fiz a escolha do curso que faria na universidade errado e escolhas erradas levam a caminhos errados e, portanto uma insatisfação que terei para o resto da vida. Nunca exerci minha profissão, no meu caminho houveram muitos impedimentos. Quando criança queria ser médica e acho até que daria uma boa profissional nesta área. Ando pensando em cursar Gastronomia na UFPE, ainda um desejo, esta minha vontade de fazer este curso é por que adoro através de porções e ingredientes criar pratos que podem dar um enorme prazer a quem vier saborear. O mundo da Sétima Arte anda lotado de filmes com este tema e quase sempre adoro. Estou querendo chegar a um filme que assisti a semana passada “Julie & Julia” e e que sinceramente adorei. Com as atrizes Meryl Streep e Amy Adams perfeitas em seus papeis. Portanto aqui a estar a minha sugestão e bom apetite a todos.

Sinopse:

Meryl Streep é Julia Child e Amy Adams é Julie Powell na adaptação da escritora e diretora Nora Ephron de duas autobiografias de sucesso: Julie & Julia de Powell e My Life in France, de Julia Child com Alex Prud'homme.
Baseado em duas histórias reais, Julie & Julia intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço estão ambas perdidas... Até descobrirem que com a combinação certa de paixão, coragem e manteiga, tudo é possível. Com a Direção de Nora Ephron e no elenco y Adams, Meryl Streep, Jane Lynch, Stanley Tucci, Mary Lynn Rajskub, Vanessa Ferlito, Dave Annable, Chris Messina, Lindsay Felton.

Trailer do Filme:







Fonte:
http://www.cinepop.com.br/cartaz/vídeo e sinopse

23 outubro 2010

Uma Noite em 67 (Uma Noite em 67. Brasil, 2010 )



Uma Noite em 67 não tem a pretensão de ser um filme sobre política, ideologia e afins. É um documentário sobre seis canções - Roda Viva (Chico Buarque e MPB4); Alegria, Alegria (Caetano Veloso); Domingo no Parque (Gilberto Gil e Os Mutantes); Ponteio (Edu Lobo); Maria, Carnaval e Cinzas (Roberto Carlos) e Beto Bom de Bola (Sérgio Ricardo) -, que tinham como pano de fundo um dos períodos históricos mais turbulentos da história brasileira: a ditadura. O próprio programa de TV que produzia o Festival não tinha pretensões de ser mais do que um programa de TV, preocupado apenas em entreter o público e os telespectadores com fórmulas de roteiro televisivo para gerar mais audiência.

Sinopse:

No teatro: aplausos, vaias, um violão quebrado, guitarras estridentes. No palco: os jovens Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo. As músicas: “Roda Viva”, “Ponteio”, “Alegria, Alegria”, “Domingo no Parque”. E só um deles sairia vencedor. Isso é Uma Noite em 67, um convite para viver a final do Festival da Record que mudou os rumos da MPB.Direção de Renato Terra e Ricardo Calil. Depoimentos de Chico Buarque, Caetano Veloso, Zuza Homem de Melo, Paulo Machado de Carvalho, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Edu Lobo, Sérgio Ricardo.

Trailer do Documentário:




Fontes:
www.cinepop.com.br/cartaz,trailer e sinopse.
www.http://mattrocha.blogspot.com/comentário

16 outubro 2010

Um Sonho Possível (The Blind Side, EUA, 2009)


Eu acredito que existam pessoas realmente boas, que fazem o bem sem importar a quem. Essas pessoas são FADAS, sim eu acredito nelas, parecidas como aquelas dos contos infantis. Mas como uma pessoa que tem o poder e vontade de ajudar e ajudam. Uma FADA tem poder para fazer isto e outras fazem com o que tem. Estou falando em fadas para chegar a uma delas que conheci sua história assistindo um filme maravilhoso e emocionante esta semana chamado “Um Sonho Possível”.
O nome desta FADA é Leigh Anne Tuohy e ela realizou o sonho de Michael Oher e assim mudando seu futuro completamente. Neste filme você vera como ela e sua família ensinam o que é amar a alguém que nunca viu. O filme com a maravilhosa interpretação de Sandra Bulock e de Jae Head que é um ator mirim que não conhecia, mas que mostra pra que veio ao mundo da Sétima Arte. Sandra Bullock levou a estatueta do Oscar e Globo de Ouro merecidamente na categoria de melhor atriz. “Um Sonho Possível” é baseado na história real de Michael Jerome Ohe e é por isto que eu afirmo com convicção que acredito em FADAS. Sim, elas existem! Este filme é minha sugestão de hoje e espero que vocês gostem. PERFEITO!!!!

Sinopse:
O adolescente Michael Oher (Quinton Aaron) sobrevive sozinho, vivendo como um sem-teto, quando é encontrado na rua por Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock). Tomando conhecimento de que o garoto é colega de turma de sua filha, Leigh Anne insiste que Michael - que veste apenas bermuda e camiseta em pleno inverno - deixe-a resgatá-lo do frio. Sem hesitar por um momento sequer, ela o convida a passar a noite em sua casa. O que começa com um gesto de bondade evolui para algo maior, pois Michael passa a fazer parte da família Tuohy, apesar de terem origens bem diferentes. Vivendo no novo ambiente, o adolescente tem de encerar outros desafios. E à medida que a família ajuda Michael a desenvolver todo o seu potencial, tanto no campo de futebol americano quanto fora dele, a presença de Michael na vida da família Tuohy conduz todos por uma jornada de auto descoberta. Direçãode de John Lee Hancoc, o roteiro é de John Lee Hancock e Michael Lewis e no elenco Sandra Bullock, Tim McGraw Quinton Aaron Jae Head,Lily Collins, Ray McKinnon, Kim Dickens,Adriane Lenox, Kathy Bates, Catherine Dyer,Andy Stahl,Tom Nowicki, Libby Whittemore, Brian Hollan, .Melody Weintraub. Baseado no livro The Blind Side: Evolution of a Game, de Michael Lewis.


Trailer do Filme









Fontes:
www.filmes.etc.br/cartaz
www.cinema10.com.br/sinopse
www.www.youtube.com/trailer

11 outubro 2010

O Menino do Pijama Listrado (The Boy in the Stripped Pyjamas, Reino Unido / EUA, 2008)


Eu gosto muito de filmes de guerra, acho que é um dos gênero que me atrai e é uma forma de mostrar como pode ser bárbara a humanidade quando encontra um motivo para matar com consentimento e ainda virar herói. Como diz uma canção “Não importa os motivos da guerra a PAZ ainda é mais importante”. Os filmes que retratam a segunda Guerra Mundial e suas arbitrariedades são os meus preferidos, por que eles tornam viva na memória dos homens que o preconceito é um dos motivos para tornar a guerra ainda mais terrível do que ela já é e assim quem sabe conscientizar-los de que ela não leva a lugar nenhum. Tudo isto para falar de um filme que revi semana passada “O Menino do Pijama Listrado”, baseado no livro homônimo de John Boyne, que traz a visão da Guerra e do Holocausto, través dos olhos de uma criança. E que a ideologia, credo, cultura ou religião não torna as pessoas boas ou más, mas sim que a amizade e compreensão une pessoas e povos diferentes. Este filme emocionante, em que os atores mirins dão um banho de interpretação, e que a forma de como a direção conduz usando o talento deles, torna o filme ainda mas perfeito do que ele poderia ser. Este filme nos mostra que não evoluímos em nada e que continuamos a agir como todos os outros que vieram antes de nos, e não mudaremos nunca. Um filme para nunca ser esquecido. Eu recomendo e até ouso a aconselhar a assistir-lo quem ainda não viu. MARAVILHOSO!


Sinopse:

Alemanha, Segunda Guerra Mundial. Bruno (Asa Butterfield) tem oito anos e mora em Berlim junto com sua mãe, sua irmã e seu pai, um oficial nazista. Quando seu pai assume um cargo em um campo de concentração, toda a família é obrigada a se mudar para uma área desolada, onde não há que fazer para uma criança. Intrigado com uma estranha fumaça que vem de um campo atrás de sua casa, Bruno desobedecem as ordens de seus pais e vai para lá, ao chegar encontra algo parecido com uma fazenda totalmente cercada por arames. Lá ele conhece Shmuel (Jack Scanlon), um garoto da sua idade, que fica do outro lado da cerca elétrica e sempre vestindo um pijama listrado. Bruno passa a visitá-lo frequentemente e entre eles acaba surgindo uma verdadeira amizade. Com a direção de Mark Herman e no elenco Asa Butterfield, Jack Scanlon, Zac Mattoon O'Brien, Domonkos Németh, Henry Kingsmill, Vera Farmiga, Cara Horgan.

Trailer do Filme










Fontes:
http://www.buscafilme.com.br//sinopse
http://omelete.uol.com.br/imagem

10 outubro 2010

Nos Cinemas -Tropa de Elite 2




Sinopse:


 2010. Em 'Tropa de Elite 2', Nascimento enfrenta um novo inimigo: as milícias. Ao bater de frente com o sistema que domina o Rio de Janeiro, ele descobre que o problema é muito maior do que imaginava. E não é só. Ele precisa equilibrar o desafio de pacificar uma cidade ocupada pelo crime com as constantes preocupações com o filho adolescente. Quando o universo pessoal e o profissional de Nascimento se encontram, o resultado é explosivo.

Trailer do Filme







Fontes:
www.cinepop.com.br/sinopse e cartaz
www.youtube.com/BlogdeTrailers/trailer

05 outubro 2010

The Social Network, O Filme



Foi mostrado durante o fim de semana o primeiro pôster de The Social Network. O filme trata da criação do Facebook e está sendo drigido por David Fincher. Confira ao lado, na galeria, o carão de Jesse Eisenberg. O texto diz: "você não chega a 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos".

O filme é uma adaptação do livro de Ben Mezrich The Accidental Billionaires: The Founding of Facebook, a Tale of Sex, Money, Genius and Betrayal, que mostra como Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin, dois nerds desajustados socialmente, fundaram o Facebook enquanto faziam faculdade em Harvard, em meio a sexo, dinheiro, traição e genialidade (como já adianta o subtítulo).

Eisenberg (Zumbilândia) interpreta Zuckerberg, Andrew Garfield fará Saverin - brasileiro que deixou o Facebook no começo, processou Zuckerberg e é a principal fonte do livro de Mezrich - e Justin Timberlake fica com o papel de Sean Parker, co-fundador do Napster. Armie Hammer, Max Minghella, Dakota Johnson, Brenda Song e Josh Pence também estão no elenco. O roteiro foi adaptado por Aaron Sorkin (The West Wing). A produção é da Columbia Pictures.

The Social Network tem estreia prevista para dezembro no Brasil.

Por:Érico Borgo


Trailer do Filme






Fontes:
www.omelete.com.br/texto
www.youtube.com/DataBitsTV/vídeo
www.heystella.wordpress.com/cartaz

29 setembro 2010

Milk – A Voz da Igualdade ( Milk, EUA, 2008)


Quando o filme “Milk - A Voz da Igualdade" saiu no circuito nacional em 2009, não tive a menor intenção de assisti, mesmo sendo dirigido por Gus Van Sant e adorar os poucos filmes dele que assisti, ser fã de Sean Penn de quem sempre procuro ver os filmes que ele atua. Depois ele foi indicado ao OSCAR e mesmo assim não me motivei. Um dia em uma locadora vi “Milk” nas prateleiras e peguei pra ver a atuação de Sean Penn tão falada e até premiada com o Oscar de melhor ator. Foi ai que vi que sempre me engano e dei de cara com um filme sobre a vida real de um homem que não desistiu de lutar e que tudo faz por convicção de que estar fazendo o certo, e que a igualdade é um direito de todo cidadão. E apesar do preconceito pelo fato dele ser gay, e num tempo que as barreiras eram maiores e ele consegue vencer com uma bandeira de amor ao próximo e a luta por direitos iguais. O que Harvey Milk começou é nossa obrigação continuar e ensinar as próximas gerações que qualquer tipo de preconceito só levara a humanidade a expor o que tem de pior!
Mais uma vez me engano com um filme e mais uma vez amei um filme de Gus Van Sant e tenho certeza que Sean Penn tem muito mais a nos dar em suas atuações em filmes que estaremos assistindo num futuro próximo! A gerente de campanha escreveu sobre ele: "O que diferenciava Harvey de você ou de mim era que ele foi um visionário. Ele imaginou um mundo virtuoso dentro de sua cabeça e, em seguida, ele tomou providências para criá-lo de verdade, para todos nós.”

'Milk - A Voz da Igualdade' é a cinebiografia de Harvey Milk (1930-1978), político norte-americano que assumiu sua homossexualidade publicamente nos anos 70, sendo o primeiro homossexual assumido a ser eleito a um cargo público nos Estados Unidos. No ano seguinte, Milk foi assassinado por um adversário de carreira política desconsolado com a perda nas urnas. Ganhador de dois Oscar um de melhor ator para Sean Penn e melhor roteiro adaptado para Dustin Lance Black. Direção de Gus Van Sant, roteiro de Dustin Lance Black e no elenco Sean Penn, Emile Hirsch, Josh Brolin, Diego Luna, James Franco, Victor Garber, Denis O’Hare, Stephen Spinella, Eric Stoltz.


Trailer do Filme








Fonte:www.cinepop.com.br/sinopse/cartaz e vidéo

25 setembro 2010

O Último Exorcismo (The Last Exorcism,EUA, 2010)



Sinopse:

Quando o reverendo Cotton Marcus chega à fazenda de Louis Sweetzer na Louisiana, ele espera realizar mais um exorcismo de rotina. Fundamentalista, Sweetzer entrou em contato com o pregador, como um último recurso, certo de que sua filha adolescente Nell está possuída por um demônio que deve ser exorcizado antes que uma tragédia inimaginável aconteça. Cotton permite que seu último exorcismo seja filmado para a realização de um documentário. Mas, ao chegar à fazenda da família, ele se surpreende ao perceber que nada se compara ao verdadeiro mal que encontra lá. Agora, tarde demais para voltar, as crenças do reverendo Marcus ficam abaladas até o âmago, quando ele e a equipe de filmagem precisam encontrar uma maneira de salvar Nell e salvarem-se também, antes que seja tarde demais. Direção de Daniel Stamm e no elenco Patrick Fabian, Ashley Bell, Iris Bahr, Jamie Alyson Caudle, Louis Herthum, Shanna Forrestall, Tony Bentley, Allen Boudreaux.

Com previsão de estreia nos cinemas brasileiros em 24 de setembro, pela PlayArte, o filme O Último Exorcismo, que tem a produção do diretor Eli Roth.

Trailer do Filme:



Fontes:
www.bocadoinferno.com/sinopse
www.youtube.com/vídeo
www.buscafilme.com.br/cartaz

23 setembro 2010

Filadelfia (Philadelphia, EUA, 1993)



Ando muito envolvida ultimamente com o filme “Filadélfia” nestes últimos dias. Minha filha Isadora estava fazendo um trabalho escolar sobre o filme. Revi o filme junto com ela, já que ela também já havia assistido, e me emocionei muito como sempre que revejo. O foco do filme não é a AIDS, e sim o preconceito. Mas este preconceito não só contra portadores de HIV, mas principalmente contra opção sexual. Fica difícil entender que ainda exista preconceito contra as pessoas tidas como “diferentes” ou “anormais” e cabe a eles julgarem o que ou não normal e diferente. Criam se as regras e o mundo as usam para punir e julgar estes que não se encaixam no padrão estabelecido. Bem, fica claro ainda que estes preconceitos não sejam sós contra a opção sexual, pois eles se estendem  o contra credo, raça, classe social, posição geográfica, etc. O mais triste é saber que desde que foi lançado este filme, dezesete anos, e as pessoas continuam tão preconceituosas como antes. “Filadélfia” é um filme verdadeiro e continuara sempre atual, pois nós como pessoas continuamos a julgar os outros. Esta é minha sugestão espero que gostem e reflitam sobre o assunto. “A Luta Continua”, nos lembrando que apesar de todos os esforços feitos para acabar com a discriminação à Aids, devemos ainda nos esforçar, no nosso dia a dia, para combater não só a doença, mas principalmente a discriminação que a acompanha. Imperdível!!


“Filadélfia” conta a história de Andrew Becket (Tom Hanks), um promissor jovem advogado que tem sua carreira interrompida quando a firma para quem trabalha descobre que ele tem Aids e o demite. A partir daí Andrew começa a procurar por um advogado que aceite sua causa, até que encontra Joe Miller (Denzel Washington, )que resolve aceitar o caso. Os personagens então têm de enfrentar seus medos e preconceitos enquanto o caso se desenrola nos tribunais e a doença de Andy vai tirando suas forças a cada dia. Tom Hanks está perfeito em seu papel de vítima doente, tão perfeito que recebeu um merecidíssimo Oscar de Melhor Ator, até então o primeiro de sua carreira. Denzel Washington também merece aplausos. Ele interpreta um advogado que tenta lutar pela justiça para seu cliente, ao mesmo tempo em que tem de lutar contra seus próprios preconceitos, e ele o faz de forma excelente. Dirigido por Jonathan Demme e no elenco Denzel Washington , Tom Hank, Jason Robards , Antonio Banderas.


Trailer do Filme





Fontes:
http://www.confrariadecinema.com.br//sinopse
http://bom-era-quando.blogspot.com/cartaz
http://www.youtube.com//trailer

21 setembro 2010

Estréia em Novembro de 2010: Criaturas da Noite (Don't Be Afraid of the Dark,EUA, 2010)

Sinopse:

Sally Hurst (Bailee Madison), uma criança solitária e introvertida, acaba de chegar a Rhode Island para morar com o pai, Alex (Guy Pearce), e a nova namorada dele, Kim (Katie Holmes), na mansão do século 19 que eles estão reformando. Enquanto explora a ampla propriedade, a menina descobre um porão oculto, intocado desde o estranho desaparecimento do construtor da mansão um século antes. Quando Sally, inadvertidamente, liberta uma raça antiga e obscura de criaturas que conspiram para dragá-la para as profundezas infinitas da misteriosa casa, ela precisa convencer Alex e Kim que não se trata de uma fantasia – antes que o mal que espreita na escuridão os consuma. Direção deTroy Nixey e no elenco Guy Pearce, Katie Holmes, Bailee Madison, Alan Dale, Emelia Burns, Jack Thompson, Julia Blake.

Curiosidades:

Os produtores Guillermo del Toro (Labirinto do Fauno, O Orfanato) e Mark Johnson (As Crônicas de Nárnia) unem forças na realização de 'Criaturas da Noite' , um conto de arrepiar os cabelos e dar frio na espinha.

Ele adaptou o roteiro com Matthew Robbins, com quem escreveu o roteiro do horror 'Mutação', de 1997.

Refilmagem de 'Criaturas da Noite' (Don't Be Afraid of the Dark), 1973.


Estréia: 26/11/2010


Trailer do Filme







Fontes;
www.cinepop.com.br/texto
www.http://www.youtube.com/trailer

18 setembro 2010

Atividade Paranormal (Paranormal Activity, EUA, 2007)


Filmes fazem parte da minha vida como respirar, não viveria sem eles. Mais como tudo tenho preferências, em cinema são os filmes do gênero Terror e Suspense. Gosto muito do terror clássico e japonês. Não que eu não me interesse pelos outros gêneros, adoro filmes e eles são minha paixão.

Alguns filmes de terror que não me agradam, como ‘A Bruxa de Blair’ e outros neste estilo. Mas, ontem meu filho me liga de uma locadora de Games onde locava um jogo para seu PlayStation 3, e me perguntou se queria locar algum filme, então eu disse de supetão traga ‘ Atividade Paranormal’, por pura curiosidade.

Para minha surpresa constatei que amei o filme e como ele mexeu com meus medos mais profundos, me deixando apavorada a ponto de não dormi direito à noite. Como pode um filme com tão poucas cenas diferentes e com apenas dois atores gerarem uma tensão tão grande de me colocar sem me mexer na cadeira e fechar os olhos para não ver a cena seguinte.

Um filme sensacional para quem gosta de sentir medo e gosta deste gênero de filme. Já ouvi criticas contrarias mais minha experiência de ontem à noite não quero repetir. Direção e elenco perfeito e este filme nunca mais! (risos)

O filme atividade paranormal retrata a história de um casal de namorados que vivem em uma casa cujo qual ocorre a presença de fenômenos estranhos, certo dia eles resolvem filmar enquanto dormem para ver se conseguem descobrir de onde vem os ruídos que escutam durante a noite, então ai eles são surpreendidos. Direção e roteiro Oren Peli. No elenco Katie Featherston, Micah Sloat, Michael Bayouth, Amber Armstrong, Mark Fredrichs,Randy McDowell, Ashley Palmer, Tim Piper.

O filme é considerado o mais barato da história, com um investimento de apenas U$ 15 mil dólares, seguido do filme a bruxa de blair, que teve um investimento de U$ 60 mil, e um arrecadamento extraordinário de U$ 260 milhões.

O filme atividade paranormal foi todo projetado por apenas uma câmera, pois com a falta de grana, um de seus personagens também era o camera-man, filmando e atuando em seu papel.

Trailer do Filme



Fontes:
www.youtube.com/vídeo
www.baixarfilmesdownload.net/sinopse
www.destrambelhados.com/cartaz

17 setembro 2010

Estréia Hoje nos Cinemas Resident Evil 4: Recomeço (Resident Evil 4: Afterlife,2010)


Sinopse:

Em um mundo devastado por um vírus mortal, Alice continua sua jornada para encontrar e proteger os poucos sobreviventes que restaram. Lutando contra a Umbrella, a guerra se torna mais violenta e ela recebe ajuda inesperada de uma velha amiga.Direção dePaul W.S. Anderson e no elenco Milla Jovovich, Ali Larter, Spencer Locke, Jason O'Mara, Wentworth Miller, Shawn Roberts, Boris Kodjoe, Kim Coates, Sienna Guillory.

O único lugar que ainda permace aparentemente seguro é Los Angeles, até que a cidade é invadida por milhares de zumbis que trarão terror aos poucos vivos que ainda restam, Alice está prestes a entrar em uma armadilha mortal.

Curiosidades:

Lançado em 2002, o primeiro filme arrecadou mundialmente mais de US$ 100 milhões. A continuação, 'Resident Evil 2: Apocalipse', que chegou aos cinemas em 2004, obteve US$ 130 milhões. 'Resident Evil 3: Extinção' fez US$ 150 milhões.

A franquia é baseada numa série de videogame criada no Japão e responsável por popularizar o gênero do "survival horror'' nos games.

Sienna Guillory retorna como Jill Valentine, personagem de 'Resident Evil 2: Apocalipse'.

As filmagens de 'Resident Evil 4: Recomeço' duraram 8 semanas.

Paul W.S. Anderson, diretor do primeiro e produtor e roteirista dos filmes seguintes, retorna ao cargo de diretor. Ele é marido de Milla na vida real.

Trailer dos Filmes:



Fonte:www.cinepop.com.br/filmes/residentevil4.php/texto/cartaz e vídeo.

12 setembro 2010

Academia Realiza Exposição Fotográfica com Astros da Warner Bros.


O que Brad Pitt, Barbra Streisand, Warren Beatty, Elizabeth Taylor e Daniel Radcliffe têm em comum? Aparentemente, nada, já que, por exemplo, Beatty (Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas) foi um astro dos anos 60 e 70, Daniel Radcliffe virou uma estrela por causa da franquia Harry Potter.

O que os une é o fato de todos terem trabalhado para a Warner Bros. Por isso, a Academia de Ciências e Artes Cinematográficas realiza uma exposição gratuita, a partir de quinta-feira (16/9), com com fotos e stills de diversos astros do estúdio, em comemoração aos 85 anos do laboratório fotográfico da Warner.

Ao todo, serão 165 imagens dispostas no Grand Lobby Gallery da sede da Academia em Beverly Hills, Califórnia. Intitulada Up from the Vault: 85 Years of Treasures from the Warner Bros. Photo Lab, a exposição ocorre até 12 de dezembro.

Com imagens raras ou conhecidas, estarão no lobby da Academia filmes como O Exorcista, O Falcão Maltês, Uma Rua Chamada Pecado, Casablanca, Batman Begins, Menina de Ouro, entre outros.

Do Cineclick

Fontes:
www.cinema.yahoo.net/texto
www.tinypic.com/imagem

26 agosto 2010

Por Onde Anda Ralph George Macchio( Daniel Larusso de "Karatê Kid")


Ralph George Macchio nasceu em 4 de novembro de 1961. Ainda na adolescência, fez alguns comerciais para a TV e pequenas pontas em seriados. Sempre teve uma aparência meio infantil, fato que no começo era uma vantagem muito bem explorada, mas que com o passar do tempo, veio a se tornar um transtorno, pois acabavam lhe dando sempre o mesmo tipo de papel: personagens frágeis, ingênuos e quase sem nenhuma expressão. Quando interpretou Daniel San, já tinha 23 anos, apesar de aparentar 16.
O primeiro papel de Ralph de maior notoriedade foi em Vidas sem Rumo (1983). No ano seguinte, foi convidado para interpretar Daniel Larusso em um filme direcionado ao público adolescente: Karatê Kid. Com seu jeito meigo e ingênuo, Ralph Macchio conquistou definitivamente seu espaço com este personagem. Depois de Karatê Kid - A Hora da Verdade (1984), vieram mais duas sequências: Karatê Kid 2 - A Hora da Verdade Continua (1986) e Karatê Kid 3 - O Desafio Final (1989).
Diversão garantida nas nossas tardes, o filme conta a história de um garoto que se muda para uma nova cidade e vira alvo de uma gangue de valentões. Nisso, ele conhece Sr. Miyagi, interpretado por Pat Morita. Com a orientação e ajuda do seu novo amigo, Daniel consegue não só superar suas inseguranças como se torna um exímio lutador das artes marciais e assim, vence aqueles que o importunavam em um Campeonato, ganhando respeito e admiração.
No entanto, depois desse estrondoso sucesso, Ralph não conseguiu sustentar sua carreira. Desde que Daniel Larusso aposentou o kimono, o ator nunca mais encontrou um papel que lhe projetasse da mesma maneira. Fez várias participações menores em filmes não tão bem sucedidos como A Encruzilhada (1986) e Nu em Nova York (1992), no qual contracenou com Eric Stoltz. Nesse mesmo ano, fez Meu Primo Vinny, seu filme de maior destaque na década de 90. Casou-se em 1987 e tem dois filhos: Julia e Daniel. Mas o que faz Ralph hoje em dia aos 49 anos de idade?
 Como quase todo ex-ator famoso, Ralph está se dedicando ao teatro e a participações menores em filmes, seu último filme foi "Beer League" de 2006 e em 2008 Ralph fez uma pequena participação em "Rosencrantz and Guildenstern Are Undead" que aliás é um filme tem como protagonista o filho de Dustin Hoffman e trilha sonora assinada pelo filho de John Lennon! Com tantos "clássicos" sendo regravado teremos o quarto episódio de Karatê Kid, muito embora sem o inesquecível Myagi Sensei...

Fontes:
www.forum.outerspace.com.br/texto
www.elainecrespo.blogspot.com/imagem

04 agosto 2010

Dia Noite Dia Noite (Day Night Day Night, USA, Alemanha, França, 2006)


Assisto pelo menos dois filmes por dia. Mais de vez em quando fico na TV pra ver se encontro novidades. Esta semana estava no canal Cinemax e vi que passaria um filme que nunca tinha ouvido falar “Dia Noite Dia Noite”. Como sempre, para minha felicidade, um filme maravilhoso que faz  refletir, o que levou aquela jovem a querer morrer e que este propósito ela leva até as ultimas conseqüências. Não se trata de um filme que explica nada e não traz ideologias e nem se preocupa com o que certo ou errado, mais apenas que quando se tem um objetivo seja qual for, certas pessoas levam estas propósito até consegui cumpri-lo. Este filme é angustiante e cheio de duvidas acima de tudo. Não sei o que sentir por ela, nem sequer julga la, mas acho que isto não é o que interessa no filme. Só posso dizer que achei um dos melhores filmes que assisti ultimamente. Sugestão e se eu fosse você não deixaria de ver.

Uma jovem de 19 anos (Luisa Williams) prepara-se para agir como mulher-bomba no Times Square, em Nova York. Ela fala sem qualquer sotaque e por isto é impossível definir sua etnia. Não se sabe por que ela tomou essa decisão, quem ela representa ou no quê acredita. O filme se inspira tanto numa história relatada num jornal russo quanto na vida de Joana d’Arc.. Com direção de Julia Loktev, traz no elenco Luisa Williams, Josh P. Weinstein, Gareth Saxe, Nyambi Nyambi, Frank Dattolo, AnneMarie Lawless, Tschi-Hun Kim, Richard Morant, Jennifer Camilo, Rosemary Apolinaris, Jennifer Restrepo, Julissa Pere.Filme premiado com um Prix Regards Jeune no Festival de Cannes.

Uma garota de 19 anos, impossível descobrir sua identidade. Não sabemos em que acredita a quem representa somente que crê ardentemente no que deve fazer. “Day Night Day Night” é um filme com uma direção magistral, não tendo elenco e focado em cima de um só personagem, torna o filme tenso e cheio de surpresas, e o jogo de câmera é um  fator importante para tornar neste filme que é uma obra de arte. Procurem vê-lo, pois ele é obrigatório para os amantes do cinema. Intrigante e emocionante!



Trailer do Filme





Fontes:
www.cinema.cineclick.uol.com.br/filmes
www.mediadecoder.blogs.nytimes.com/cartaz

01 julho 2010

Distrito 9 (District 9, África do Sul - Nova Zelândia, 2009)


Ficção não é um de meus gêneros favoritos, mas quando postei a estréia de 'Distrito 9' fiquei interessada em ver. Mas como são tantos filmes que passou despercebido mesmo depois de ter sido indicado ao Oscar. Sem nenhuma expectativa e apenas sabendo sinopse assisti finalmente, pois era muito indicado por um amigo que entende muito deste gênero. Como sempre me surpreendeu e fiquei fascinada pelo roteiro , personagens e principalmente simplicidade com que o filme é contado. Ele serve de alerta e me deixou a sensação que não estou fazendo nada pelo meu povo, que agora sofre nas enchentes do sul de PE, imagine pelas populações pobres e famintas do planeta. E tratamos sempre como lixo aquilo que nos é diferente e tentamos afastar dos olhos o lado feio do mundo para ter a ilusão que vivemos num paraíso. È o que é feito todos os dias por nós e nossos governantes. Não acredito em aliens nos rondando e sim que deve haver vida em outros planetas e galáxias, mas eles não estão nos espreitando e querendo nos atacar. Bem, este é ao filme que sugiro a vocês e realmente espero que gostem. Para mim ele é PERFEITO.


Há mais de 20 anos, os alienígenas fizeram seu primeiro contato com a Terra. Os seres humanos esperavam um ataque belicoso ou avanços gigantescos na tecnologia. Não aconteceu nem uma coisa nem outra. Em vez disso, os alienígenas se tornaram refugiados incapazes de retornar ao seu planeta. As criaturas foram alojadas em instalações improvisadas no Distrito 9 da África do Sul, enquanto as nações do mundo discutiam o que fazer com eles.

Agora, a paciência com a situação dos alienígenas já se esgotou. O controle sobre os ETs ficou a cargo da União Multinacional (MNU), uma empresa privada indiferente ao bem-estar dos alienígenas. A MNU registrará lucros exorbitantes se conseguir fazer com que as poderosas armas deles funcionem. Até o momento, todas as tentativas fracassaram, uma vez que a ativação desses armamentos exige o DNA alien.

A tensão entre os alienígenas e os seres humanos chega ao ápice, quando a MNU começa uma operação de despejo dos não-humanos do Distrito 9, em que agentes da MNU os conduzirão a um novo assentamento. Um dos agentes de campo da MNU, Wikus van der Merwe (Sharlto Copley), contrai um vírus alien que começa a alterar o seu DNA. Wikus logo se torna o humano mais caçado do planeta, bem como o mais valioso – ele é a chave de acesso ao uso da tecnologia alien. Discriminado e sem amigos, só resta um lugar onde ele poderá se esconder: o Distrito 9. Dirgido por Neil Bloomkamp e no elenco principal Jason Cope (Grey Bradnam), Nathalie Boltt (Sarah Livingstone), Sylvaine Strike (Katrina McKenzie), John Sumner (Les Feldman), Sharlto Copley (Wikus Van De Merwe). Indicado ao Oscar de melhor filme, roteiro adaptado e edição.

A polemica relatada no filme 'Distrito 9' retoma forma na pele do Africano sofrido e espelha os aliens. Os mesmos se espelham em nós um povo que mantém a guerra e a diferença social, cultural, racial. O filme começa com uma entrevista e ela parece verdadeira que a gente começa a prestar mais atenção no que está acontecendo, sentido que tudo isso realmente existe. Pois bem, é a partir daí que a história tem uma reviravolta em todos os sentidos possíveis. Os tais aliens que ele tinha preconceito se tornam aliados, os amigos não são como imaginava e o preconceito se volta contra ele. 'Distrito 9' se transforma então num filme com direito a explosões causadas por armamento alienígena. O filme é em minha opinião mais um clássico do gênero Ficção. E que o quanto pode ser tocante, emocionante e marcante e que nos faz refletir sobre ocorre em baixo de nosso nariz na vida real.
Comparo este filme a outros que tomam falas humanas sentimentos humanos para seres de outros universos. Boa deixa dos diretores destes filmes que sabem fazer um filme seqüencial e que impressionam. Afinal a nave pairada por vinte anos. Pensem: é de arrepiar. Realmente IMPERDIVEL!


Trailer do Filme







Fontes:
www.cinepop.com.br/sinopse
www.cinepop.com.br/cartaz
www.youtube.com/trailer

Estréia Amanhã nos Cinemas O Pequeno Nicolas (Lê Petit Nicolas, França, 2010)



Sinopse:

Nicolas (Maxime Godard) é um garoto que é muito amado pelos pais e que leva uma vida tranquila. Até o dia em que vê seus pais em uma conversa e que o faz achar que a mãe está grávida. Nicolas entra em desespero e já pensa no pior: ao nascer um irmão, seus pais deixarão de lhe dar atenção. Direção de Laurent Tirard e no elenco Maxime Godart, Valérie Lemercier, Kad Merad, Sandrine Kiberlain, François-Xavier Demaison, Michel Duchaussoy.


Curiosidades:

Do mesmo diretor de 'As Aventuras de Molière'.

Sucesso nas bilheterias francesas de 2010, a comédia teve um público de 5 milhões de espectadores.

Estréia 02 de julho de 2010


Treiler do Filme




10 junho 2010

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1( Harry Potter and the Deathly Hallows: Part I, EUA, 2010)



Sinopse:

Começa com Harry, Ron e Hermione em uma perigosa missão para encontrar e destruir o segredo da imortalidade e destruição de Voldemort — as Horcruxes.

Sozinhos, sem seus mentores ou a proteção de Dumbledore, os três amigos agora dependem um dos outros mais do que nunca. Mas no caminho estão Forças das Trevas que ameaçam acabar com eles.

Paralelamente, o mundo da magia se tornou um local perigoso para todos os inimigos do Lorde das Trevas. A guerra aguardada com temor há muito tempo já começou e os Comensais da Morte de Voldemort tomaram o controle do Ministério da Magia e até mesmo de Hogwarts, assustando e capturando qualquer um que se oponha a eles. Mas eles ainda buscam o prêmio de maior valor para Voldemort: Harry Potter. O Escolhido se tornou o caçado quando os Comensais da Morte saem em sua busca com ordens de levá-lo para Voldemort… vivo.

A única esperança de Harry é achar as Horcruxes antes de ser encontrado por Voldemort. Mas, à medida que procura por pistas, ele descobre uma lenda antiga e quase esquecida: a lenda das Relíquias da Morte. E se a lenda for verdadeira, isso poderia dar a Voldemort o imenso poder que ele tanto busca.

Harry nem imagina que seu futuro já foi decidido pelo seu passado, quando naquele dia fatídico, ele se tornou o "Menino Sobrevivente". Não mais só um menino, Harry Potter está cada vez mais próximo da tarefa para a qual está se preparando desde o primeiro dia em que pisou em Hogwarts: a batalha final com Voldemort.

Direção de David Yates e no elenco principal Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Christian Coulson, Tom Felton, Helen McCrory, Jessie Cave, Hero Fiennes Tiffin, Frank Dillane.

Estréia 19 de novembro 2010

Curiosidades

Para manter o clima de suspense, presente nos finais dos filmes da franquia, a primeira parte deve terminar pouco depois da cena em que Harry, Rony e Hermione são seqüestrados pelos perigosos raptores.

'Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte I' chega às telonas no dia 19 de novembro de 2010. Já 'Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte II' em 15 de Julho de 2011.

David Yates, que dirigiu 'Harry Potter e a Ordem da Fênix' e 'Harry Potter e o Enigma do Príncipe', irá comandar também os últimos filmes da série.

Os atores Emma Watson, Daniel Radcliffe e Rupert Grint não serão substituídos por atores mais velhos e parecidos com eles no epílogo que se passa anos após os últimos eventos do livro. A equipe irá envelhecer os atores com maquiagem e efeitos visuais.

A Warner Bros. decidiu adaptar o filme para a tecnologia 3D. A adaptação para 3D vai significar um aumento de US$ 5 milhões no orçamento de cada filme, além de outros US$ 5 milhões pela necessidade de distribuir óculos especiais nas salas de cinema.

Trailer do Filme:




Fontes:
www./www.cinepop.com.br/filmes/texto
www.youtube.com/vídeo do trailer
www.blog.boxofficespy.com//cartaz

28 maio 2010

Um Príncipe em Minha Vida (The Prince & Me, EUA/República Tcheca - 2004)


Ontem à noite não tava muito a fim de assistir nada muito sério, já que meus dias não estão dos melhores. Em vez de DVD preferi um filme do Canal Telecine que começaria em instantes. Não sou muito chegada aos gêneros Romance nem Comedia Romântica, mas gosto das atuações Julia Stiles e então o filme me chamou atenção. “Um Príncipe em Minha Vida” é um filme leve sem pretensões de ser um clássico mais gostoso de ver e com momentos românticos e hilários. Deixou-me uma lição, que não vale a pena desistir de um sonho só por que a vida aparece com uma oportunidade que pode mudar sua vida totalmente. Para ser feliz é preciso não só fazer o que gostamos mais estar completamente realizada. Uma sugestão sem muitas pretensões!

Paige Morgan (Julia Stiles), uma estudante de Wisconsin, está em vias de criar a vida que ela sempre quis. Eddie (Luke Mably), o príncipe herdeiro da Dinamarca, está tentando escapar da vida que ele não escolheu. Edvard, como sua família real o conhece, matriculou-se na Universidade de Wisconsin para desviar do seu destino de futuro rei e "se encontrar". Concentrada em seu futuro, Paige sabe exatamente o que ela quer: formar-se e ir estudar medicina na Johns Hopkins. O inegável amor que eles encontraram significa que ele vai abandonar o seu lugar na monarquia dinamarquesa… ou que ela vai abandonar seu sonho de se tornar médica? Direção de Martha Coolidge e no elenco Julia Stiles, Luke Mably, Ben Miller, James Fox, Miranda Richardson, Eliza Bennett, Alberta Watson.

O filme “Um Príncipe em Minha Vida” é doce e não espere que seja uma comédia romântica por que não é, e sim um romance. Convencional do início ao fim contém todos os clichês que habitam produções similares: quando o Príncipe Edvard assume o apelido de Eddie e esconde de toda sua ascendência real, percebemos instantaneamente que, em determinado instante, sua amada vai descobrir o segredo e acusá-lo de mentir para ela. Com uma excelente atuação dos dois atores principais. Uma trilha sonora maravilhosa e uma fotografia belíssima. Mesmo para quem não gosta de romance vale dar uma olhadinha e ver como essa história termina. Eu recomendo para quem quer ver um filme só para se divertir ou dar suspiros de emoção, vale a pena mesmo.

Trailer do Filme







Fontes:
www.netmovies.com.br
www.youtube.com
www.tipynic.com

14 maio 2010

 Despertar de um Crime (Stephanie Daley, EUA, 2006)



Eu nunca tinha visto nada sobre o filme “Despertar de um Crime”, mais vendo a sinopse me interessou, pensando que se tratava de mais um filme policial, com grandes advogados e terminaria num grande julgamento que inocentaria ou culparia a adolescente em questão. Mais o filme se abre em torno de uma questão muito peculiar, que é se somos nos mulheres realmente independentes ou dependentes eternamente de sentimentos que provem de outras pessoas. A questão de ser ou não dona do corpo, do aborto e se ela tem ou não culpa ou se foi mal orientada não é o tema central do filme. Não deixa de ser importante, claro, mais é coadjuvante. A questão é esta maneira  de nos sentirmos independentes mas na verdade dependentes do amor, carinho, paixão e atenção de quem nos rodeia ou de quem amamos. Eu até então estava confusa mais agora, depois do filme e me questionar, acho que é bem assim. Assista quem ainda não viu mais este filme efeito para o universo feminino. Como diria minha irmã e seu blog  É cor de rosa choque “Este filme é só para mulheres”. Não percam é Magnífico!!!


Quando Stephanie Daley (Amber Tamblyn), de 16 anos é acusada de assassinar o seu bebê recém-nascido, ela afirma nunca ter sabido que estava grávida e que a criança nasceu morta. Uma psicóloga, Lydie Crane (Tilda Swinton), é contratada para averiguar a verdade escondida atrás da contínua negação de Stephanie. Lydie, que está grávida, intui que algo de mal também pode ocorrer com o seu bebê. Os seus encontros com Stephanie levam-na rapidamente a acreditar que desvendar o mistério da adolescente é crucial para o seu próprio destino. A direção é de Hilary Brougher e no elenco  Tilda Swinton, Amber Tamblyn, Timothy Hutton, Vincent Piazza, Constance Wu, Halley Feiffer, Michael Nostrand.


Em “Desperta de um Crime” há algo que preserva de “feminino” que faz do coração do filme impenetrável, o que não quer dizer incompreensível ou insuportável, para o espectador masculino, mas tem uma linguagem calcada em experiências e emoções possíveis apenas para elas. O filme tem algo que se confidencializa na espectadora, afirmando esse laço bastante rígido que a direção mantém entre narrativa e conteúdo: uma série de entrevistas íntimas, mas nada privadas por que trata-se de investigação para a promotoria. Não que o homem seja excluído, mas ele nunca entenderá. Mas compreendendo o abismo comunicacional, a diretora os poupa. Há toda uma questão envolvendo o papel de Deus e sua responsabilidade para com Stephanie que vive numa comunidade altamente religiosa. Culpa-se Deus pelo “azar” da gravidez, como se culpa o sujeito que corrompe. Sé propõe não a justiça, mas a conciliação, muito baseada na retomada de controle das personagens femininas sobre as próprias vidas, após uma política fracassada de justiça e vingança contra o fato, que nada efetivamente resolve. Se há um levante, é contra a passividade emocional feminina, a passividade do “ser amada” do “ser descoberta” ao invés do descobrir, desbravar. A passividade do “estar acompanhada”, que implica na sua maior atividade: a do “não estar jamais sozinha”. A idéia da solidão é desprezada a mulher como a assunção da videografia é ao cinema digital. Faz-se necessário abraçar ambas as naturezas. Um filme que vai fazer com que nós mulheres façamos uma avaliação sobre o quanto devemos nos sentir ou não culpada por certas decisões que às vezes deixamos de tomar. Um grande filme que não deveria deixar de ser assistido pelas mulheres que acreditam que realmente estamos livres das amaras. IMPERDIVEL!!!!

Trailer do Filme





Fontes:
www.cinemaemcena.com.br
www.stephaniedaley-themovie.com/

08 maio 2010

Garota, Interrompida (Girl Interrupted, EUA, 1999)



“Garota Interrompida” é um filme antigo, mas que eu ainda não havia assistido. Minha adolescência foi tranqüila. O filme se passa numa época de grandes mudanças e em que os jovens sofriam pressão da guerra do Vietnam e as drogas que se espalhavam mais livremente.
O mundo fica meio maluco quando começamos a crescer, e quando o mundo vem recheado de incertezas e com a liberdade para tentar mudar tudo aquilo. Ai dar pra se perde com a liberdade. Muitos jovens ainda hoje não suportam esta carga.
Mas o que mais me surpreendeu no filme foi que me identifiquei muito com a personagem principal, em relação à vida e morte. Sua visão é a mesma que a minha. Em certos momentos a vontade de desistir é mais forte do que continuar lutando.
Assim, como tenho 52 anos cheguei a conclusão que para ser triste e ficar com esta doença chamada de ‘Grande Tristeza’ citada no livro ‘A Cabana’ não tem época e nem idade. Este filme impactante que nos mostra a verdade da vida e mostra aos pais que os filhos têm que sempre ter atenção e esta atenção é nossa responsabilidade. Um Filme maravilhoso e inesquecível.


Susana (Winona Ryder) é uma jovem problemática, calada que não tem ânimo para nada, nem para entrar na faculdade, que tenta cometer o suicídio em vão, até que seus pais a convencem a internar-se numa clínica psiquiátrica. Após o impacto inicial e um diagnóstico questionável, rebela-se contra todos, preferindo a companhia das residentes, que apresentam diferentes graus de enfermidade mental, entre as quais a carismática sociopata Lisa (Angelina). No início Susana tem problemas com Lisa, que é muito rebelde e impaciente, mas acaba criando com ela um relacionamento bastante complexo, em que tentam compreender-se e ajudar-se mutuamente, apesar das diferenças Direção de James Mangold e no elenco Winona Ryder, Angelina Jolie, Brittany Murphy, Clea DuVall, Whoopi Goldberg, Jeffrey Tambor. Vencedor do Oscar 2000 de Melhor Atriz Coadjuvante para Angelina Jolie!


“Garota Interrompida” é um excelente filme que conta com a excelente atuação de Angelina Jolie. A história é bem interessante, altamente recomendado para quem curte um bom drama. O ano é 1967, os Estados Unidos estão prestes a enviar seus jovens à guerra e, Susanna Kaysen (Winona Ryder) perde-se dentro de tantas dúvidas suscitadas pela adolescência. Com apenas 17 anos, ela se depara com aquilo que, um dia, todos terão de enfrentar: o fim da adolescência. Baseado no livro da própria Suzanna, em que a autora conta suas experiências em uma clínica psiquiátrica, o filme traz grande atuação de Winona, que assina também a produção. A atriz comprou os direitos de filmagem da obra em 1993, e desde então vinha trabalhando na produção do longa que traz extrema identificação com um período vivido pela atriz.
Duas vezes indicada para o Oscar, Winona Ryder estrela esta fascinante história real sobre as mudanças na vida de uma jovem em um famoso Hospital Psiquiátrico Claymooreno.

Trailer do Filme




Fontes:
www.webcine.com.br
www.youtube.com
www.mataharie007.zip.net

08 abril 2010

Paranoid Park (Paranoid Park, EUA, 2008)



Alguns dias atrás ou semanas, já nem sei assisti pela primeira vez “Paranoid Park” 2008, já havia sido recomendado inúmeras vezes por um amigo. Como adoro o diretor e a temática do filme era adolescência e como tenho dois filhos que estão nesta fase, me arrisquei a velo mais não estava muito entusiasmada. Como sempre me acontece, paralisei diante de uma obra de arte que consegue passar todas as emoções destes adolescentes que às vezes fingimos ou não queremos notar seus dramas existenciais. O filme é maravilhoso e estonteante e me fez refazer muitos conceitos e preconceitos que tenho em função de uma fase que passamos e que parece que esquecemos quando nos tornamos adultos. Esta é uma sugestão que não poderia deixar de fazer neste blog que ando sem postar tanto quanto gostaria! Saudades de todos e gostaria de ter agradado com minha sugestão!


Alex, um adolescente skatista de 16 anos, mata acidentalmente um guarda na vizinhança de Paranoid Park, parque rodeado por ruas violentas de Portland. Ele resolve não falar nada a respeito. Ele e seu amigo visitam um mitológico parque de skate. A atração que a juventude sente por essa cultura, marcada pela liberdade punk e pelo hipnótico ritmo das rodas batendo no concreto, leva Alex a uma rápida amizade com um anarquista de sarjeta. Algo terrível acontece perto dos trilhos de trem, e de repente o jovem se torna o centro de uma investigação criminal. Mas que crime ele cometeu, se o cometeu? O mundo jovem reforça o isolamento que Alex sente em relação a qualquer estranho à sua significativa subcultura. Direção de Gus Van Sant e no elenco Gabe Nevins, Daniel Liu, Taylor Momsen, Jake Miller, Lauren McKinney.


“Paranoid Park” é um filme sensacional, emocionante e com uma belíssima fotografia. Gus Van Sant com temática adolescente. Com um destaque para a fotografia, a trilha sonora e aquele modo particular de apresentar os fatos como fluxo de consciência. A história é contada de uma forma pouco convencional, com poucas falas, e com uma passagem do tempo não-linear, onde as cenas são vistas de acordo com a memória do protagonista, à medida que ele vai lembrando e escrevendo em seu diário. O que mais me impressiona neste diretor é a maneira como retrata bem o modo de vida e de pensar dos adolescentes. A alienação, tédio, medo, interações sociais na vida dos jovens. O ator Gabe Nevis nos presenteia com uma atuação perfeita em todos os sentidos. Um filme forte e de certa forma cru mais com certa magia que aparece nas entre linhas, uma melancolia que não pode deixar de ser sentida. Maravilhoso e inesquecível. Eu recomendo!!!

Trailer do Filme






Fonte: www.cinepop.com.br

11 março 2010

Filme de Terror [REC] 2 Estreia em Abril de 2010 no Brasil


Quem viu o ótimo filme espanhol [REC] tem motivos de sobra pra comemorar. [REC] 2 estreia em abril de 2010 aqui no Brasil.

O filme original, um dos melhores filmes de terror de 2009, ganhou prêmios e virou febre no mundo todo. Tanto que os americanos trataram logo de refilmar com o nome de "Quarantine".

Na seqüência, um grupo de policiais retorna ao prédio onde os fatos (horrendos) do primeiro filme ocorreram para investigar o que aconteceu com os moradores. O que se sabe é que eles definitivamente não são mais os mesmos.

O trailler é bom e dá uma prévia do horror que está por vir:







Fonte:www.saladacultural.com.br

[REC] ([REC], Espanha, 2008)


Ontem movida mais  pela curiosidade, mais não tão motivada para ver este filme que estou postando hoje, me surpreendi com [REC]2008, e passei por momentos de puro terror sem sequer me mexer de onde estava. Até então, o filme que me atormentava era “O Exorcista”, agora meu novo tormento psicológico é [REC] uma produção espanhola que nem sei se ganhou algum prêmio ou que bilheteria teve. Só sei que ele é perfeito para quem gosta do gênero. Feito só com o jogo de câmera e um ótimo desempenho do elenco e direção. O filme vale pelo thriller psicológico e pelo desfecho alucinante. Minha sugestão para vocês eu ADOREI!!

É a história de uma equipa de repórteres de televisão que decide documentar em direto uma patrulha de bombeiros em serviço durante a noite. O objetivo é registrar todos os momentos destes profissionais, mesmo as situações mais arriscadas. A primeira missão da noite é resgatar uma idosa que se encontra fechada no seu apartamento por motivos desconhecidos. Mas algo durante a missão corre terrivelmente mal. O que parecia ser uma simples tarefa de rotina torna-se num inferno. Algo sinistro e maléfico anda à solta e ameaça a corporação de bombeiros e a equipa de televisão. E a câmara continuará sempre a filmar até ao último momento… Direção de Paco Plaza e Jaume Balagueró. E no elenco Manuela Velasco, Martha Carbonell, Pablo Rosso, Ferran Terraza, David Vert.


[REC] é simples, bem simples, diria que é cru até demais, mas tem um roteiro que funciona bem, incrivelmente simples e eficiente. O filme aproveita a própria câmera utilizada na história. Obviamente algo acontece, um chamado ocorre, e todo o tédio é quebrado, finalmente ação os repórteres pensam. Mal sabem que eles que ali seria o início do terror. Sustos e mais sustos acontecem no prédio sem luz e com a câmera tremida, e algumas são realmente de arrepiar. Impressionante a iluminação noturna da câmera. Apesar de usar as velhas técnicas de sustos, [REC] cria a atmosfera necessária para usar tais técnicas, e é bom saber que ainda é possível fazer um filme que assusta sem apelar para o ridículo e histórias sem cabimento. Recomendo a todos que gostam deste gênero de filmes.

Treiler do Filme


19 fevereiro 2010

Flame & Citron - Os Resistentes (Flammen & Citronen, DIN/ALE/RET, 2008)





Adoro filmes sobre a Segunda Guerra Mundial, e ando muito voltada para o cinema Europeu, influência de minha filha de 13 anos, filha ensinado a mãe o que é arte! Ontem enquanto esperava outro filme me deparei com um filme neste gênero, de um Cinema que não conheço que é o dinamarquês e ainda por cima sendo uma historia real. Resistência é o foco do filme e não heroísmo desbravado, mais amor a pátria e a uma causa que eles acreditavam e como ela influi no destino de cada um. E ainda um amor, que interfere mais não morre apesar de todas as adversidades em que eles passam. Um filme perfeito, um cinema maravilhoso e que eu não conhecia, e uma historia crua mais realista ao ponto de nos trazer de volta a realidade da vida e do mundo em que vivemos. “Flame & Citron - Os Resistentes” não é só um filme é mais do que isso e um exemplo de dedicação destes heróis que não desistiram de lutar. Magnífico!!!

Sinopse: A história de dois heróis da resistência dinamarquesa à ocupação Nazi. Flammen (Thure Lindhardt) e Citronen (Mads Mikkelsen) são os nomes de código de dois assassinos dinamarqueses incumbidos de matar todos aqueles que colaboram com o exército alemão. Recebem as ordens dum homem que diz ter o apoio de Inglaterra, mas a conspiração vai mais longe do que os dois possam imaginar. Direção de Ole Christian Madsen. No elenco Thure Lindhardt, Mads Mikkelsen, Stine Stengade, Peter Mygind.

Esta é a história de dois heróis da resistência dinamarquesa à ocupação nazista. Bant Faurschou-Hviid, aliás, Flame e Jorgen Haagen Schmidt, aliás, Citron são os nomes de código de dois assassinos dinamarqueses incumbidos de matar todos aqueles que colaboram com o exército alemão, traindo o país. Recebem as ordens de um homem, que diz ter o apoio de Inglaterra, mas a conspiração vai mais longe do que os dois possam imaginar. Com as suas dúvidas a atormentá-los, Flame e Citron sentem que caminham num terreno movediço. Desesperados, desiludidos e com o sentimento de terem sido traídos pelos seus superiores, decidem confiar apenas um no outro e concentrarem os seus esforços em eliminar o odiado e temido chefe da Gestapo, Hoffman.O filme é é cru mas conta com clareza o papel dos anti-nazistas. Não era momento de sentimentalismo barato: a pátria exigia destes homens frieza e decisão. Atores muito sensíveis e inteligentes.Recomendo!


Trailer do Filme:



https://www.youtube.com/trailer
cineumpordia.blogspot.com/imagem
http://cineumpordia.blogspot.com.br/sinopse

11 fevereiro 2010

Indicados ao Oscar 2010



Foram anunciados os indicados ao prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas - o Oscar 2010.

Provando que seu sucesso nas bilheterias não é por acaso, Avatar recebeu nove indicações ao Oscar, empatado com o drama de guerra Guerra ao Terror. Ao contrário dos anos anteriores, dez filmes concorrem ao prêmio de melhor longa-metragem. Desde 1943 a lista não era formada por tantas produções.

Melhor Ator:

Jeff Bridges - Crazy Heart
George Clooney - Amor Sem Escalas
Colin Firth - Direito de Amar
Morgan Freeman - Invictus
Jeremy Renner - Guerra ao Terror

Melhor Diretor:

James Cameron - Avatar
Kathryn Bigelow - Guerra ao Terror
Quentin Tarantino - Bastardos Inglórios
Lee Daniels - Preciosa - Uma História de Esperança
Jason Reitman - Amor Sem Escalas

Melhor Roteiro Adaptado:

Distrito 9
Educação
In The Loop
Preciosa - Uma História de Esperança
Amor Sem Escalas

Melhor Roteiro Original:

Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
O Mensageiro
Um Homem Sério
Up - Altas Aventuras

Ator Coadjuvante:

Matt Damon - Invictus
Woody Harrelson - O Mensageiro
Christopher Plummer - The Last Station
Stanley Tucci - Um Olhar do Paraíso
Christoph Waltz - Bastardos Inglórios

Melhor Atriz:

Sandra Bullock - Um Sonho Possível
Helen Mirren - The Last Station
Carey Mulligan - Educação
Gabourey Sidibe - Preciosa - Uma História de Esperança
Meryl Streep - Julie e Julia

Melhor Atriz Coadjuvante:

Penelope Cruz - Nine
Vera Farmiga - Amor Sem Escalas
Maggie Gyllenhaal - Crazy Heart
Anna Kendrick - Amor Sem Escalas
Mo'Nique - Preciosa

Melhor Animação Longa-Metragem:

Coraline
O Fantástico Sr. Raposo
A Princesa e o Sapo
The Secret of Kells
Up - Altas Aventuras

Melhor Filme:

Avatar
Um Sonho Possível
Distrito 9
Educação
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
Preciosa - Uma História de Esperança
Um Homem Sério
Up - Altas Aventuras
Amor Sem Escalas

Melhor Direção de Arte:

Avatar
O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus
Nine
Sherlock Holmes
The Young Victoria

Melhor Fotografia:

Avatar
Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
A Fita Branca

Melhor Figurino:

Brilho de Uma Paixão
Coco Antes de Chanel
O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus
Nine
The Young Victoria

Melhor Montagem:

Avatar
Distrito 9
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
Preciosa - Uma História de Esperança

Melhor Filme Estrangeiro:

Ajami (Israel)
El Secreto de Sus Ojos (Argentino)
A Teta Assustada (Peru)
Un Prophète (França)
A Fita Branca

Melhor Trilha Sonora Original:

Avatar
O Fantástico Sr. Raposo
Guerra ao Terror
Sherlock Holmes
Up - Altas Aventuras

Melhor Canção Original:

"Almost There" - A Princesa e o Sapo
"Down in New Orleans" - A Princesa e o Sapo
"Loin De Paname" - Paris 36
"Take it All" - Nine
"The Weary Kind" - Crazy Heart

Melhor Edição de Som:

Avatar
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
Star Trek
Up - Altas Aventuras
Melhor Mixagem de Som
Avatar
Guerra ao Terror
Bastardos Inglórios
Star Trek
Transformers: A Vingança dos Derrotados

Melhores Efeitos Especiais:

Avatar
Distrito 9
Star Trek
Melhor Maquiagem
Il Divo
Star Trek
The Young Victoria

Melhor Documentário Longa-Metragem:

Burma Vj
The Cove
Food Inc.
The Most Dangerous Man In America: Daniel Ellsberg and the Pentagon Papers
Which Way Home

Melhor Documentário Curta-Metragem:

Province
The Last Campaign of Governos Booth Gardner
The Last Truck: Closing of a GM Plant
Music by Prudence
Rabbit à la Berlin

Melhor Animação Curta-Metragem:

French Roast
Granny O´Grimn´s Sleeping Beauty
The Lady and the Reaper (La Dama e la Muerte)
Logorama
A Matter of Loaf and Death

Melhor Curta-Metragem:

The Door
Instead of Abracadabra
Kavi
Miracle Fish
The New Tenant


Por: Érico Borgo e Marcelo Forlani


Fonte: www.omelete.com.br

09 fevereiro 2010

O Inquilino (The Lodger, EUA, 2008)


Como sempre digo que adoro o gênero Suspense, e sou uma fã incondicional do fantástico diretor Alfred Hitchcock. Me surpreendi ao começar a ver um filme, que tem o mesmo nome de um clássico do grande diretor Roman Polanski, “O Inquilino” no canal HBO e fiquei tão presa a trama que em alguns momentos realmente senti a mão do grande gênio do suspense naquele filme. O filme se desenvolve devagar e vai tomando forma e a cada cena mudamos de idéia de como será a cena seguinte. Como em todo filme eu tiro ensinamentos para minha vida real, e neste vi que nem sempre aquilo que vemos é real e nem sempre o fato ou o acontecimento conduz com a realidade. Deixo aqui um alerta cuidado sempre que pensar em alugar algum cômodo em sua casa para um estranho. Recomendo!


“O Inquilino” é uma adaptação de um livro que inspirou um clássico do mestre do suspense Alfred Hitchcock. O filme segue os passos de um detetive que persegue um assassino de prostitutas em West Hollywood, EUA. Os métodos usados pelo criminoso se assemelham muito ao que fazia o famoso Jack, o Estripador, na Londres do século XIX. O detetive terá que se empenhar para capturar este perigoso assassino, que sempre foi capaz de ludibriar a polícia e escapar das garras da justiça. Direção de David Ondaajte e no elenco principal Alfred Molina, Hope Davis, Shane West, Donal Logue, Simon Baker.

“O Inquilino” é um filme e tanto! É um filme surreal, não que seja um filme memorável do auto escalão de hollywood ou seja comparado com um clássico. Mais o que vale a pena nesse filme foi o desfecho, o "final" do filme em si, vale por todo o resto. A trama é morna, porém o final foi tão bem colocado, que sem dúvidas surpreendeu, não que eu já não soubesse quem era o assassino, mais sim pelo o desfecho o enceramento da trama que é o ponto forte do filme. Filme muito bom, o elenco esta excelente. A Direção estar de parabéns de novo por ter tido um papel fundamental na trama de enceramento do filme. “O Inquilino"  é um filme digno de Alfred Hitcock. Muito bem feito, tem todo o clima que Alfred possui... Recomendo a todos e sei que não vão se arrepender.


Trailer do Filme